sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

                                          
                                             O QUE FAZER DIANTE DA TRISTEZA ?




"Como o cervo suspira pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por Ti, ó Deus.” (Salmo 42.1)

“A tristeza deixa-nos benefícios: ensina-nos a conhecer os nossos amigos.” - Honoré de Balzac


“O remédio para a tristeza é a oração.” – William B. Ullatorne.


“Os olhos que foram banhados pelas lágrimas brilham com uma luz mais pura e clara.” – A.B. Simpson


“Os sofrimentos de Jó têm trazido conforto a milhòes de pessoas. Os três dias de cegueira de Paulo transformaram um perseguidor no maior dos missionários. O martírio dos santos tornou-se sua coroa de glória.” – L. Waldvolgel.


Quem já não ficou triste uma vez na vida? Quem nunca passou por um momento em que as lágrimas eram abundantes e que nenhuma palavra de conforto era suficiente?


Há momentos de dor e aflição, talvez para valorizarmos ainda mais os momentos de alegria, pois, afinal, há um tempo determinado para todas as coisas.


Mas, o que fazer diante da tristeza, já que todos passam por esta experiência? Alguns “afogam” suas mágoas na bebida; outros caem no abismo das drogas alucinógenas; outros buscam prazeres momentâneos e fugazes; outros trancam-se em suas casas e se escondem do mundo.


O Salmista, longe de sua Pátria, humilhado pelos seus opressores, saudoso das belas lembranças de sua nação onde adorava ao Senhor, nos dá uma lição quando diz: “Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus”. (v. 5)

Se olharmos para as circunstâncias à nossa volta: tragédias, miséria, dor, violência, fome, corrupção, teremos motivos para nos assentar e chorar sem parar.


Este salmo não é um convite à alienação ou mesmo uma tentação de se escolher um mecanismo de defesa, racionalizando que “tudo é assim mesmo e não tem jeito de mudar. E já que não tem solução, pra que se preocupar?” O que o salmista nos diz é que, nesta hora de tanta dor e aflição, devemos ir além das circunstâncias e confiar em Deus, que tem tudo sob controle e tem todo o poder para mudar nossa história.


Este salmo marcou a minha vida de uma maneira especial. Após sair do Exército Brasileiro, em dezembro de 1983, eu fiquei quase um ano desempregado, sofrendo uma grande pressão emocional, pois sou o filho mais velho de meus pais, que tiveram onze filhos. Eu precisava trabalhar para ajudar meus pais que já haviam feito tanto por mim. Precisava, também, dar exemplo para meus irmãos e ajudá-los, pois vivíamos uma vida bem simples e apertada.


Fiz um propósito com Deus. Como o Exército me impedira de ir à igreja durante muitos dias, eu iria compensar em 1984, indo à igreja todos os dias do ano. Pedi a Deus que me desse um emprego até o final daquele ano e comecei a visitar todas as congregações da Denominação que eu pertencia.


Foi um ano marcado por experiências sobrenaturais que guardarei para sempre.


O texto da Bíblia que eu mais lia era o salmo 42. A tristeza do salmista era a minha. A sua angústia era idêntica a que eu sentia. Em meus momentos de oração eu colocava a minha primeira Bíblia no chão, lia o salmo 42 e começava a chorar. Foram tantas as minhas lágrimas sobre a Bíblia que as folhas do livro de Salmos se desfizeram.


Ao final daquele ano cumpri o meu voto e consegui o meu emprego – passei em um concurso da Polícia Militar de Minas Gerais, onde fui Soldado, Sargento e Oficial, chegando ao Posto de Capitão. Na PMMG trabalhei por 18 anos, de 1985 a 2003, quando pedi demissão para ser Pastor e servir ao Senhor Jesus em tempo integral.


Como está o seu coração hoje? O que está te causando tristeza e dor? Espera em Deus, Ele é Fiel! As suas promessas sempre se tornam realidade. Ele jamais desampara aqueles que esperam nele. E as nossas lágrimas ele sempre enxuga.

Como escreveu George Matheson: “Se José não tivesse sido prisioneiro no Egito, jamais teria sido o governante daquele país. Os grilhões de ferro que prendiam seus pés transformaram-se na corrente de ouro do seu pescoço”.


Realmente, todo o sofrimento que José, o filho amado de Jacó, passou no Egito, desde que fora vendido por seus irmãos, teve um propósito divino. O mundo passaria por uma grande fome e somente no Egito haveria provisão, porque Deus usaria um ex-escravo Judeu para governar com sabedoria aquele país. Até mesmo sua família foi salva da fome por intermédio de sua atuação.


José, já governador do Egito, e na presença de seus irmãos, ao entender todo o propósito de Deus, declara curado e restaurado:


“Agora, pois, não vos entristeçais, nem vos pese aos vossos olhos por me haverdes vendido para cá; porque para conservação da vida, Deus me enviou diante da vossa face. Porque já houve dois anos de fome no meio da terra, e ainda restam cinco anos em que não haverá lavoura nem sega. Pelo que Deus me enviou diante da vossa face, para conservar vossa sucessão na terra, e para guardar-vos em vida por um grande livramento. Assim, não fostes vós que me enviaram para cá, senão Deus, que me tem posto por pai de Faráo, e por senhor de toda a sua casa, e como regente em toda a terra do Egito” (Gn 45.5-8).


Todo sofrimento tem um propósito. Se confiamos em Deus, devemos confiar que ele tem o controle de todas as situações e, no seu tempo, pode mudar qualquer circunstância, em favor de seus filhos.


Veja, entretanto, o que você mesmo pode fazer para mudar esta situação. Está sendo abusado, agredido e injustiçado? Busque ajuda e aconselhamento, afaste-se do agressor, não seja presa fácil dos aproveitadores e maliciosos, fuja do pecado e resista ao diabo!

Tome uma atitude hoje! Chega de ser ferido(a), iludido(a) e enganado(a)! Enxugue tuas lágrimas, levante-se e não deixe ninguém ou nada te escravizar. Corra para os braços de Deus. Entrega a tua vida a ele e confia-lhe todos os teus sonhos. Você verá, então, como a tua vida será mudada para muito melhor.


Lembre-se que chorar apenas não resolve. Você deve se quebrantar diante de Deus, mas deve se mover e buscar os teus objetivos, com fé e determinação.


Finalmente, confie na palavra do Senhor que diz: “a tristeza pode durar uma noite, mas a alegria virá ao amanhecer”. (Salmo 30.5)

Reflita hoje:


- Você é uma pessoa alegre ou as dificuldades da vida transformaram você em uma pessoa deprimida e triste?


- Você sabia que chorar um pouco é bom, principalmente diante de Deus, que conhece o nosso coração e está sempre perto daqueles que têm o coração quebrantado?


- Agora, viver chorando e reclamando de tudo, fazendo-se de vítima, não é nada bom. Ninguém consegue conviver com alguém que só sabe maldizer e fica triste o tempo inteiro.


- Você sabia que para sorrir utilizamos apenas 14 músculos e para fazer uma cara de contrariedade gastamos 72?
(Ap.Freitas/Betuel.org.br)
                                    
                                         Salmos 42

1 Assim como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus!



2 A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?


3 As minhas lágrimas servem-me de mantimento de dia e de noite, enquanto me dizem constantemente: Onde está o teu Deus?


4 Quando me lembro disto, dentro de mim derramo a minha alma; pois eu havia ido com a multidão. Fui com eles à casa de Deus, com voz de alegria e louvor, com a multidão que festejava.


5 Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face.


6 ¶ O meu Deus, dentro de mim a minha alma está abatida; por isso lembro-me de ti desde a terra do Jordão, e desde os hermonitas, desde o pequeno monte.


7 Um abismo chama outro abismo, ao ruído das tuas catadupas; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado sobre mim.


8 Contudo o SENHOR mandará a sua misericórdia de dia, e de noite a sua canção estará comigo, uma oração ao Deus da minha vida.


9 Direi a Deus, minha rocha: Por que te esqueceste de mim? Por que ando lamentando por causa da opressão do inimigo?


10 Com ferida mortal em meus ossos me afrontam os meus adversários, quando todo dia me dizem: Onde está o teu Deus?


11 Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus.

Talvez eu tenha finalmente chegado à conclusão de que,a melhor pessoas para orar por mim,
seja eu mesma!
E que tristeza a gente espanta,cantando louvores a Deus.
Que expectativa em relação à pessoas,trazem decepções.
E que o melhor amigo,confidente que doa seu ombro para desabafarmos;
é o Espírito Santo.
Nem sempre dá pra ser sincera dizendo o que penso e acho.
Muitas vezes as pessoas são mais felizes e nos aceitam melhor,
se houver um toque;pode ser sutil,de inverdade de nossa parte.
À duras penas;diga-se de passagem,aprendemos que a palavra vale prata,
o silêncio vale ouro.
E que por mais que tenha -se que pagar o preço,vale muito sim,
ser autêntica,ter personalidade própria,saber que irei exatamente
onde o Senhor me levar.
Que o tempo é sempre o melhor remédio para que as coisas se esclareçam.
Nem sempre viver colocando os pingos nos "is",vai resolver tudo.
E de certa forma,vale toda dificuldade e tristeza de certos momentos,
pois desta forma a gente vai peneirando as amizades.
O que é de Deus permanece e dá frutos!!!

"Ainda que a figueira não floresça e nem haja fruto na vide... todavia me alegrarei no senhor!"
                                                                   Hc 3:17-19


                                 
                                                             Kisses, my verity friends!
                                                                                 ♥




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Daily Calendar

Ocorreu um erro neste gadget