sexta-feira, 17 de setembro de 2010

QUE MINHA VOZ SEJA PELA VIDA!!!

                                               QUE MINHA VOZ SEJA PELA VIDA!!!

 


Bom dia pessoas queridas,mil vezes bom dia!!!

Que saudade de estar aqui no nosso cantinho!
Que falta de tempo,que vida corrida!
Se eu fosse postar aqui na íntegra meus sentimentos,literalmente os extravasando,em poucos segundos um bom e grande espaço deste blog estaria preenchido.Meus pensamentos e sentimentos estão em ebulição!
O cotidiano me aguarda com "trocentos" afazeres me esperando,mas não poderia ficar mais um dia sem vir até aqui.
Há dois dias uma angústia enorme tornou-se predominante em meu peito,até ontem a noite eu me sentia muito mal.Senti-me mais leve após ter estado na presença do meu Deus.
Bom demais da conta!!!
É algo difícil ainda para eu entender ,pessoas que não sentem a necessidade extrema de estar na casa do Senhor,que acham que servir à Ele pode ser em qualquer lugar,por exemplo;em casa.
Que taxam veementemente momentos de adoração,simplesmente como sendo reuniões religiosas.Aí entram toda uma política,críticas,demagogia,enfim;cada um "puxa a sardinha" para seu lado e como convém.
Explodam-se as religiões!!!Será possível que todo o plano de salvação,a morte de cruz do meu Jesus,a ressureição,a retirada das chaves da morte e do inferno das mãos de satanás,o triunfo sobre a morte e a certeza de vida eterna na nova Jerusalém resume-se numa ínfima palavra chamada RE-LI-GI-ÃO?!?
Não mesmo!!!
Estar em sua presença é onde quero e necessito estar!
Porque é quando sou livre!Sou limpa!É onde as boas perspectivas voltam a fluir em cada póro do meu corpo,correndo por minhas veias,fazendo meu coração pulsar num ritmo de bem estar,onde lágrimas rolam,esperança se renova e meu espírito grita num regozijo de alegria,por saber que tudo será transformado e para melhor!Nesta e principalmente na outra vida!!!
Me desculpem os "espiritualizados",mas sou única!Deus sonhou comigo,me projetou e me deu vida,apenas nesta vida e esta vida.Não tive vidas passadas,mas terei vida eterna ao lado dEle!!!Somos eternos.
Não estou resgatando carma algum,não preciso de "evolução cósmica",e nem a chance de uma reencarnação pra tentar acertar os "ponteiros" do que deu errado.
Sou nova criatura pois o aceitei,me rendi à Ele,sei totalmente que dependo dEle para TUDO!

Salmos 15;
 "Quem, SENHOR, habitará no teu tabernáculo? Quem há de morar no teu santo monte?II Cr.: 7:12-1616 Pois agora escolhi e consagrei esta casa, para que nela esteja o meu nome para sempre; e nela estarão fixos os meus olhos e o meu coração perpetuamente.

O que vive com integridade, e pratica a justiça, e, de coração, fala a verdade;
o que não difama com sua língua, não faz mal ao próximo, nem lança injúria contra o seu vizinho;
o que, a seus olhos, tem por desprezível ao réprobo, mas honra aos que temem ao SENHOR; o que jura com dano próprio e não se retrata;
o que não empresta o seu dinheiro com usura, nem aceita suborno contra o inocente. Quem deste modo procede não será jamais abalado."

Sl.: 122:1;

1 Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor.

Sl.: 27:4;
4 Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo.




12 E o Senhor apareceu de noite a Salomão e lhe disse: Eu ouvi a tua oração e escolhi para mim este lugar para casa de sacrifício.
13 Se eu cerrar o céu de modo que não haja chuva, ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra, ou se enviar a peste entre o meu povo;
14 e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.
15 Agora estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar.


Enfim,Ele renova meu ânimo e me conscientiza de que posso sim contribuir de alguma forma para que o Reino dEle seja propagado aqui,onde o príncipe das trevas está com seu reinado no final.
Notícias aterrorizantes tem saltado de todos os meios de comunicação.
O dia da eleição se aproxima,o horário eleitoral nos cansa,e muitas vezes,ao invés de ajudar,esclarecer,mais nos confunde.Aff!
Sem contar as "persanalidades" exdrúxulas que tem surgido,candidatando-se a cargos que mais poderiam ser em algum circo mambembe (com todo o respeito,pois sou fã da arte circense).
A violência e corrupção crescendo,a injustiça predominando.As classes menos favorecidas a cada dia obtendo menos favores ainda,as escolas deixando a desejar,muitas vezes por estarem de mãos atadas diante de leis que colaboram descaradamente para que o desrespeito impere.
Na boa,é de pirar o cabeção!
Juntando tudo e mais um pouco,na minha preciosa vida de mãe,esposa,cristã e cidadã,senti o peso da responsabilidade envergar minha coluna dorsal!Meu cérebro sentiu,e enviou sentimentos desalentadores ao meu pobre coração.Fiquei muito mal!
Cadê a consciência das pessoas para enxergarem que as coisas precisam urgentemente ser mudadas?
É como já ouvi em certa ministração:"Deus não descerá do céu e fará por nós coisas que à NÓS cabe a atitude e decisão.Ele direciona,mas o ato tem de partir de nós!
*Legalização do aborto.
*Liberdade religiosa.
*Infanticídio infantil.
*Tratamento diferenciado à determinadas classes e grupos.
Estas são algumas das questões das quais nunca haviam tirado meu sossego às vésperas de eleições.
Como posso dar meu voto à calhordas(me desculpem mas é a verdade),que manipulam uma nação inteira da forma que acham melhor,para adquirirem para si o que não lhes pertence?!
De certa forma,até que dá para assimilar,uma vez que se compararmos a atualidade em que vivemos com as profecias da Bíblia,tinha mesmo de acontecer;é cumprimento.
Porém,é nosso dever nos impormos como valentes soldados enquanto estivermos em guerra.
Em guarda,à postos e avante!!!

  Há esperança para o ferido
Como árvore cortado, marcado pela dor
Ainda que na terra envelheça a raiz
E no chão, abandonado, o seu tronco morrer
Há esperança pra você.

Ao cheiro das águas brotará
Como planta nova florescerá
Seus ramos se renovarão
Não cessarão os seus frutos
E viverá.
(Há esperança-Diante do trono). 



Esta é uma daqueles cenas que a gente custa a apagar da memória. No meio de uma conferência importante, de gente grande, eis que uma menininha linda e despachada se aproxima da ilustre preletora. Com toda desenvoltura entrega-lhe um colar indígena, tasca-lhe um beijo estalado e posa sorridente para as fotos.




A preletora ilustre chama-se Marina Silva. A indiazinha despachada será chamada aqui de Potira.



Quanto mistério, quanta dor, e quanta esperança este encontro evoca. As duas nasceram na floresta amazônica, as duas enfrentaram a dureza da vida na mata. As duas estavam destinadas a engrossar as fileiras de brasileiras excluídas, anônimas e invisíveis.



Marina nasceu filha de seringueiro, tomou muito banho de igarapé e comeu pirarucu com farinha nas beiradas dos rios. Potira nasceu filha de índia solteira e por isso não chegou a comer nada, não tomou banho, nem lhe cortaram o cordão umbilical.



Marina ouvia as histórias do avô enquanto espiava a chama fina da lamparina nas noites escuras da mata. Potira não ouviu nada, só o choro abafado da mãe, obrigada a abandoná-la na floresta por conta da sua solteirice.



Marina imaginava o futuro enquanto se embalava na rede e sonhava um dia aprender as letras. Potira não teve rede, foi enrolada numas folhas de bananeira brava e largada perto de um toco de pau na beira da capoeira.



Marina se vestia com camisa de manga comprida para se proteger dos carapanãs e dos marimbondos, enquanto seguia o pai pelas picadas estreitas do seringal. Potira não conseguiu se proteger das formigas que se aproximaram e começaram a comer a placenta ainda ligada ao seu corpinho recém-nascido. Nem dos insetos que picaram suas pernas e seu rosto naquela noite comprida e chuvosa.



Marina mudou seu destino quando desafiou a sorte - teve coragem de pedir ao pai que a deixasse sair para estudar na cidade grande. A esperança de Potira surgiu quando duas tias decidiram escondê-la numa roça velha e correr por 4 horas na mata até o acampamento dos missionários.



Marina esperou até os 16 anos para conseguir decifrar as primeiras letras do alfabeto. Potira esperou 36 horas na mata até ser resgatada e salva da morte.



Dois milagres, duas histórias de superação, de desafio às leis da probabilidade. Marina aprendeu a ler no Mobral, veio a ser professora, doutora, senadora, ministra. Hoje é candidata a presidência da república. Potira foi adotada por uma professora paulistana casada com gaúcho, e ganhou duas irmãs rondonienses. É a caçula e o xodó da família.



O encontro da foto aconteceu recentemente num grande evento público em Brasília. Potira entregou a Marina Silva o colar em nome das crianças indígenas sobreviventes do infanticídio que são atendidas pela ATINI.



Em seguida, Kakatsa Kamaiurá, secretário geral da organização, também sobrevivente, tomou o microfone e fez seu apelo. Queria saber de Marina se ela se comprometia a defender o direito das crianças indígenas em risco de infanticídio. Marina respondeu emocionada que toda criança tem direito à vida e que ela priorizaria, em seu governo, os direitos dessas crianças.



Potira saiu toda saltitante, rindo orgulhosa por ter tirado foto com uma mulher tão importante. Criança é criança e ponto final.
 
(Extraí do blog:Atini-voz pela vida)- E é com imenso prazer que posto aqui,desejando ardentemente compartilhar com você minha emoção e minha esperança de dias melhores.



Um dos maiores motivos que me leva a dizer NÃO! ao PT,a srª Dilma e cia.
Advertência: as imagens que se seguem são fotografias reais, desenhos de abortos provocados e podem resultar chocantes para a sua sensibilidade.




.: Aborto por operação cesariana.



Esta bebezinha de 24 semanas foi arrancada do ventre materno mediante uma operação cesariana. É o mesmo procedimento que se emprega nos partos por cesariana, só que neste caso se deixa morrer a criança.



.: Aborto por envenenamento salino.



Este bebê de 19 semanas morreu envenenado e queimado por uma solução salina altamente concentrada, que foi introduzida no líquido amniótico da mãe.






.: Abortos por sucção.




Este bebê de 8 semanas foi assassinado mediante um aspirador potente que o destroçou completamente.







Neste outro aborto por sucção de um bebê de 10 semanas, é possível ver seus pequenos membros destroçados nitidamente , logo após passar pelo tubo do aspirador.



.: Aborto por dilatação e curetagem:


Este bebê foi destroçado com uma faca afiada e com curva (cureta), enquanto se encontrava no ventre materno. A enfermeira deve juntar as partes do bebê, para ter a certeza de que foi totalmente extraído.






Quando os pés do bebê estão fora do útero, o abortista os agarra com as suas mãos e os puxa, como se tratasse de um parto natural, mas se assegurando de que saia pelos pés.






Quando o bebê tem o corpo fora, mas a sua cabeça ainda está dentro do ventre materno, o abortista atravessa a sua nuca com uma tesoura.



O crime culmina quando o abortista, mediante uma sonda, succiona a massa encefálica do bebê , que durante todo o processo esteve agitando o seu pequeno corpo , para tentar inutilmente se defender.


Extraído de:
www.aciprensa.com



E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.(2Cronicas 7;14)

Que a paz de Deus que excede todo entendimento,guarde nossos corações de hoje para todo o sempre!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Daily Calendar

Ocorreu um erro neste gadget