sexta-feira, 27 de novembro de 2009

                    HÁ MAIS SENTIDO NA VIDA DO QUE
                                 APENAS  SOBREVIVER



Se você ver o filme, " Titanic",  você vai saber muito do que aconteceu no dia 14 de abril de 1912, quando o navio que " Deus não podia afundar", afundou. Das 1.528 pessoas que caíram ao mar, foram salvas somente seis. Mas, você conhece aquele dos seis que na verdade foi salvo duas vezes naquele dia? A história dele é uma lembrança inspiradora de que a vida é mais do que apenas sobreviver e consta no livro, O Último Herói do Titanic de Adams Moody.


Para contar a história deste homem, entretanto, eu tenho que lhe falar primeiro sobre outro homem, um escocês chamado John Harper. Harper, ministro do Evangelho, subiu a bordo o Titanic com a filha de seis anos, Nana. Ele planejara viajar para a Igreja de Moody em Chicago a qual o convidara para ministrar durante três meses. Quando o navio bateu no iceberg fatal e começou a afundar, Harper certificou-se de que a sua filha fosse colocada em um dos barcos salva-vidas. Ele começou então o que seria o último trabalho evangelístico de sua jovem vida. Quando as águas frias começaram a encher o navio, Harper foi ouvido gritando, " Deixem as mulheres, crianças e os não salvos entrarem nos barcos salva-vidas ". Os sobreviventes contaram que Harper tirou o próprio colete salva-vidas e deu-o a outro homem. Não se preocupem comigo, eu não estou indo para baixo, eu estou indo para cima!" Quando o navio começou a afundar, mais de 1,500 passageiros saltaram ou caíram nas águas frias. Enquanto iam se afogando gradualmente ou morrendo enregelados, Harper foi visto nadando de um passageiro para outro, insistindo com eles a aceitarem a Cristo.


Foram salvos somente seis das 1,500 pessoas que lutaram nas águas, inclusive um homem que depois se identificou como o último convertido por Harper. Este jovem homem tinha se agarrado a destroços do navio. Harper que estava lutando nas águas perto dele gritou, "Você é salvo "? " Não, " o homem respondeu. Harper então gritou as palavras da Bíblia. " Creia no Senhor Jesus Cristo e serás salvo". O homem não respondeu, e momentos depois foram afastados pelas ondas.


Alguns minutos depois, as ondas ajuntaram novamente os dois homens. Novamente Harper perguntou, "Você é salvo "? Uma vez mais, a resposta foi " Não ". Num último esforço e já agonizante, gritou Harper, " Creia no Senhor Jesus Cristo e serás salvo ". Ele então afundou pela última vez.


Então, lá mesmo, o homem a quem Harper falou sobre Cristo, decidiu converter-se e entregar sua vida a Cristo. Quatro anos depois, numa reunião de sobreviventes do Titanic em Ontario, Canadá, este homem deu seu testemunho, contando em prantos como John Harper o tinha o conduzido ao Senhor.


Não preciso nem falar que esta história dramática ficou fora do filme. Nós vivemos em uma cultura que parece se interessar mais por histórias fictícias de romance, sexo ilícito e luxo do que no real romance entre Deus e aqueles que lhe pertencem. Quando o assunto do Titanic surgir, já que ficou popular desde que o filme foi lançado, conte para seus amigos o " resto da história ". Conte-lhes como o jovem ministro escocês deu testemunho de Cristo até seu último suspiro. Conte também a seus filhos esta verdadeira história. John Harper nos faz lembrar uma grande lição, o segredo das eras: Há mais sentido para a vida do que apenas sobreviver!


(Whit Criswell )




AMOR-Esta é a palavra de ordem,ou pelo menos deveria ser.
Sinto-me tão cheia dele,mas de repente me vem uma sensação de vazio,de cansaço,desânimo!
Não sei direito como agir em meio ao caos...preciso Senhor,urgentemente de estratégias vindas de Tuas mãos!
Tô saturada de ver tantos que se dizem cristãos falando em amor;"Jesus te ama",mas tão pouco fazendo p/ que as pessoas realmente sintam que esta frase pode se tornar real em suas vidas...dias atrás,após longos dias de repouso,desci as escadas de minha casa e sai na rua p/ uma voltinha,deparei-me com algo que mexeu demais comigo...foi terrível chegar à conclusão de que pessoas,como eu e vc,podem chegar ao ponto de cheirar à lixo!
Literalmente lixo!Vc já sentiu aquele odor fétido,insuportável de caminhão de lixo,quando sai pela rua derramando aquela água suja,horrorosa,de odor que chega trazer náusea?
Era um senhor de lindos olhos azuis,vestia uma saia jeans e maiô de corpo inteiro feminino,por cima uma blusa de lã verde bandeira..
Detonotava-se nele uma enorme confusão mental,e o que ele dizia com certeza absoluta é que sentia fome,muita fome.
Ele aguardava ansioso na calçada da casa de minha vizinha o jantar que ela havia prometido à ele que prepararia em alguns minutos.
Nunca irei me esquecer dos olhos de um azul tão profundo do Srº Fernando,(assim ele à nós se apresentou).
Dizia ter 40 anos,porém sua aparência era de uns 70 e poucos.
Sei que também não conseguirei me esquecer daquele odor de lixo que exalava de todo o seu corpo e roupas, e impregnava o ar,causando dificuldade para se respirar,uma vez que dele nos aproximassêmos muito.
Resolvi questioná-lo delicadamente e em tom de brincadeira, o porquê daquela saia nada confortável,que levou algumas crianças que ali se encontravam às gargalhadas.
Ele, alheio à qualquer reação do que aquilo causava a quem quer que fosse,contou-me de forma natural que havia sido um tal homem que lhe dera o vestuário.
Diante de minha oferta de uma calça,camiseta e par de tênis semi novos e limpos,ele abriu o sorriso banguelo e disse que seria bom.
Voltei em casa o mais rápido que pude,e mexi de forma acelerada nas doações que recebi p/ despachar p/ o Mato Grosso.
As roupas estavam limpas e com cheiro de amaciante,o que causou um contraste brutal entre o cheiro que exalava do seu Fernando.
Tratando-o como criança,e prometendo que conseguiria carona p/ levá-lo juntamente com sua "bagagem"(sacos de estopas,cheios de cacarecos e igualmente mal cheiroso), até a rodoviária,ele muito à contra gosto resolveu que tomaria um banho.
"Imagine eu seu Fernando,passando com meu carrão vermelho,esporte,conversível;encontro com o senhor a pedir carona:"-Uau!Que olhos!"Mas ao sentir este cheiro...sem chance seu Fernando,o srº perderia a carona!!!"Brinquei com ele.
Ele não esboçou o sorriso que eu esperava,porém decidiu que tomaria um banho sim,após eu,minha vizinha e mais algumas pessoas entrarmos num consenso:"dar banho" no seu Fernando na ducha do meu quintal?(É fria,duvido muito que ele queira entrar!)Além do mais aquela figura tomando banho à céu aberto em minha casa...não daria muito certo,descartamos.
E no banheiro?Bem,teria que levá-lo escadas acima,com uma comitiva de mais umas 4 pessoas,sem dizer que Fábião chegaria do trabalho à qualquer momento e eu sei bem que encontrando aquela muvuca de gente na parte superior e privativa de sua casa... poderia me mandar sem dificuldade alguma,junto com seu Fernando p/ passar umas "férias" na Chapadinha,não exatamente no bairro,mas na clínica psiquiátrica aqui da região.Descartamos também esta possibilidade.
Bem,sobrou o banheiro da vizinha,que já estava a preparar o jantar do ilustre senhor.
"Se vcs todos ficarem aqui comigo,ele pode sim tomar banho aqui em casa."
Daqui pra frente prefiro resumir,pois foi um tanto quanto confuso o banho,o ajudei a despir-se das roupas de cima que estavam amarradas com barbantes dificultando o procedimento de  livrar-se das mesmas.
Sabonete,shampoo,toalha limpa e lá se foi seu Fernando p/ a aventura e desafio de ficar limpo e cheiroso.
Para nossa total decepção,após eu ficar berrando da porta as instruções de um banho proveitoso,ele saiu vestindo o maiô imundo que estava a lhe causar feridas na virilhas,não quis colocar a camiseta limpa,e voltou a usar a blusa de lã;diga-se de passagem que estava uma noite quente.
Não houve trato,conversa ou promessa que o fizesse descartar aquelas peças sujas e fedorentas!
Do tênis topper de futebol de salão,semi novo que com tanta alegria o presenteei,ele quis apenas o cadarço.Com esmero o colocou no velho que usava,o qual tive a nítida impressão que parecia conter um gambá em decomposição.
As meias que enchi de talco "tenis-pé" ele também dispensou,alegando trazer-lhe fadiga devido ao calor,porém perguntou-me se aquele talco servia para curar as assaduras das coxas e virilhas,pois segundo ele estavam em "carne viva".
Numa última tentativa eu disse que tinha uma pomada que era totalmente eficiente para curar-lhe,porém teria que descartar aquele maiô,que pelo que pude ver era tamanho infantil e estava a apertar-lhe absurdamente!
Sem chance,o maiô ele disse que não tiraria,e que já nem estava doendo tanto...
Após haver cumprido a parte do banho,olhou-me de forma inquisidora e cobrou-me:"E a minha carona?"
Após algumas tentativas frustradas,minha vizinha deu a idéia de ligarmos p/ a polícia explicndo a situação.
Fui atendida de forma grosseira por um certo senhor do qual nem tive a curiosidade de saber o nome,pois ele tentando livrar-se do "B.O",dizia que eu deveria procurar a assistência social,e não ele.
Diante de minha explicação um tanto quanto revoltada, do quão difícil é encontrar "assistência" em horário de expediente,quem diria em plena sexta-feira,beirando já as 20:00hrs!
"E de que adiantará ele ficar aí...mande-o vir até a cidade!"
Num tom um pouco mais revoltado falei que ele não sabia nem em que planeta estava,como poderia chegar à cidade totalmente desorientado?(Isso porquê falei tratar-se de um senhor muito bem apessoado,imagine se falasse tratar-se de praticamente um mendigo,aí seria só mais um!)
"E de que adiantará levá-lo até a rodoviária?Por acaso ele tem dinheiro p/ ir a algum lugar?"
Continuou o policial impertinente,mal educado e nem um pouco solidário.
"Meu senhor,aí o senhor terá que fazer o seu trabalho verificando,pois ficando aqui,muito menos teremos à fazer por ele,pois o que podíamos já o fizemos,estou buscando ajuda em vcs por serem de utilidade pública,e realmente achei que poderiam fazer algo."
"Tá bom!Vou passar pra "ñ sei quem,pra que ñ sei quem possa ir até aí"!E desligou em minha cara.
Eu estava trêmula e tentando desesperadamente preparar à pressas uma "vitamina"forte com os frutos do espírito que à duras penas luto p/ cultivar em meu dia a dia.
Pois minha vontade era descer dos tamancos,sair da graça e extravasar minha natureza humana em cima daquele...Argh!!!Daquela criatura carente de Deus!
Passados alguns minutos,chegou uma viatura,eu já me preparei p/ nova "briga",porém por total amor do Criador,vieram dois policiais educados,cordiais,bem humorados e solícitos.
Após o resumo de tudo e algumas frases bem humoradas,rimos,nos despedimos e o seu Fernando,após verificar que sua "bagagem" havia sido colocada cuidadosamente no "porta malas" entrou feliz da vida na viatura,sentindo-se importante,parecia mesmo um cidadão do mundo.
Segundo os policiais,ele ficaria hospedado em um hotelzinho por aquela noite,e seguiria viagem na manhã seguinte,pois após conversarmos com ele,que dizia estar seguindo p/ Juquiá,o aconselhamos à retroceder e voltar aos braços de sua amada esposa que deveria estar com o coração dilacerado de dor e preocupação pelo seu sumiço,(Ruim com ela,pior sem ela seu Fernando/brincou o policial)pois segundo ele,tinha residência fixa,esposa e uma filha,e também um belo emprego prometido na empresa Votorantim,(que aguardava ansiosa sua prestação de serviço)em uma cidade á uns cento e poucos quilômetros daqui.
"E além do quê" disse o seu Fernando,já em tom de despedida "Esta cidade aqui é muito feia,é ruim,né?
Apenas sorrimos e lá e foi seu Fernando levando consigo esta impressão sobre Sami,a cidade da qual uma turma maluca "barganhou" com ele um banho e o direito de ter a disposição carro de polícia e gentis policiais como chofés.Rsrsrsrs
Voltei pra casa com a enorme sensação do dever não cumprido,com um nó na garganta e sentimentos de frustração e tristeza.
Fiquei a imaginar a casa e a família do seu Fernando,seria verdade que existiam e os esperavam?Ou seria apenas um devaneio de um sonho que nunca se realizara em sua vida,de ter uma família e um lar pra onde voltar?
Ele seria uma boa pessoa, de boa índole,com um passado digno,cheio de dificuldades mas com tantas lembranças a que se orgulhar?
Ou teria sido um mau caráter,com ficha suja perante Deus e os homens?
Cheguei à conclusão apenas de que ele tinha um coração...de que assim como eu, foi criado à imagem e semelhança de Deus.
Por quais coisas teria passado,decepções e problemas que o levaram a tornar-se naquilo?
Será que ele ainda conseguia enxergar à Deus como sendo o autor de sua vida?Que poderia tornar-se o autor também de sua história?
Fiz o que qualquer cidadão de bem faria,não por ser boa ou perfeita,mas porque não consigo agir diferente em ocasiões assim,vi também que tem muita gente que age como eu,minha vizinha é prova disso.
Na verdade é a obrigação que muitas vezes esquecemos de fazer.
Até comentei sobre Deus numa frase ou outra,porém;após todo aquele momento atípico do meu dia,doeu em mim não ter dito ao seu Fernando:
"CRÊ NO SENHOR JESUS E SERÁS SALVO!"
Só me resta pedir:
"Deus!Cuida do seu Fernando e de tantos outros Fernandos!Dê à eles a chance de te conhecerem e terem suas mentes,corpos,corações e almas transformados por Tí!!!
E amplia a nossa visão de cristãos,para que os Fernandos da vida,(independente da idade),não passem por nós de maneira invisível!
Que possa doer em nós quando depararmos com eles,e que o teu amor faça brotar em nós ações e atitudes que venham trazê-los de volta à realidade,à vida!Que neles possa ser resgatada a tua imagem e que passem a desfrutar vida abundante e a esperança de uma vida perfeita e eterna...perdão Senhor!
Em nome de Jesus,perdão!!!

Estejamos atentos...




                                 APELO DE UM IDOSO



Quem é que já não teve oportunidade de conhecer uma pessoa idosa, enferma, dependente, carente, solitária


Talvez tenhamos essa pessoa dentro do nosso próprio lar. Uma mãe ou um pai apanhado pela enfermidade ou pelas debilidades impostas pelo peso da idade.


Esse alguém, que ontem era forte e dinâmico, agora se movimenta com lentidão e, às vezes, nem se movimenta, tornando-se totalmente dependente da vontade alheia.


Se temos uma mãe, um pai ou outro familiar nessas condições, paremos um pouco; olhemos nos olhos dessa pessoa e tentemos ler seus mais secretos pensamentos.


Talvez possamos ler em seus olhos tristes ou em seus lábios mudos um apelo comovente, que não tem coragem de verbalizar.


É, se pudéssemos ouvir o apelo de um idoso, talvez ele fosse mais ou menos assim:


Você, que está na flor da idade, considere que o despertar da vida é como o amanhecer. Tudo fica mais quente e mais alegre.


Mas o amanhecer não é eterno e a ele se sucedem outras fases do dia...o meu apelo é para que as crianças de hoje não esqueçam dos seus idosos de amanhã.


É para que os mais jovens relevem a minha mão trêmula e meu andar hesitante. Amparem-me por favor.


Se minha audição não é boa e tenho que me esforçar para ouvir o que você diz, tenha compaixão.


Se minha visão é imperfeita e o meu entendimento é escasso, ajude-me com paciência.


Se minhas mãos tremem e derrubam tantas coisas no chão, por favor, não se irrite, tentei fazer o melhor que pude.


Se você me encontrar na rua, não faça de conta que não me viu; pare para conversar comigo; sinto-me tão só.




Se, na sua sensibilidade, me encontrar triste entre tantos que também estão, simplesmente partilhe um sorriso comigo e com eles. Seja solidário, eu necessito apenas de um pouco de carinho.


Se lhe contei pela terceira vez a mesma história, não me repreenda, simplesmente ouça-me. Se não falo coisa com coisa, não se ria de mim.


Se estou doente e caminhando com dificuldade, não me abandone, preciso de um braço forte que ampare meus passos...


Sabe..., já vivi muitas primaveras, e sinto que o outono derradeiro se aproxima...


Eu sei que o ocaso da vida é como o entardecer... Indica que é chegado o momento de partir...


Por isso lhe peço que me perdoe se tenho medo da morte e ajude-me a aceitar o adeus...


Fique mais tempo comigo... Para me dar segurança...


Os cabelos brancos e as rugas em meu rosto não impedem que eu queira repousar minha cabeça num colo seguro...


Sei que o comboio da vida logo irá parar nesta estação, e eu terei que embarcar...


Sei também que terei que ir só, como só desembarquei nesta estação um dia...


Por tudo isso eu lhe peço para que não me negue a sua atenção e o seu carinho.


Eis meu apelo... Que pode também ser o seu, logo mais...

(Desconheço o autor).

Que possamos viver e espalhar as boas novas!!!

Eclesiastes 12:1 Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos em que dirás: Não tenho prazer neles;




Eclesiastes 12:2 antes que se escureçam o sol e a luz, e a lua, e as estrelas, e tornem a vir as nuvens depois da chuva;


Eclesiastes 12:3 no dia em que tremerem os guardas da casa, e se curvarem os homens fortes, e cessarem os moedores, por já serem poucos, e se escurecerem os que olham pelas janelas,


Eclesiastes 12:4 e as portas da rua se fecharem; quando for baixo o ruído da moedura, e nos levantarmos à voz das aves, e todas as filhas da música ficarem abatidas;


Eclesiastes 12:5 como também quando temerem o que é alto, e houver espantos no caminho; e florescer a amendoeira, e o gafanhoto for um peso, e falhar o desejo; porque o homem se vai à sua casa eterna, e os pranteadores andarão rodeando pela praça;


Eclesiastes 12:6 antes que se rompa a cadeia de prata, ou se quebre o copo de ouro, ou se despedace o cântaro junto à fonte, ou se desfaça a roda junto à cisterna,


Eclesiastes 12:7 e o pó volte para a terra como o era, e o espírito volte a Deus que o deu.


Isaias 46:4   E até à velhice eu serei o mesmo, e ainda até às cãs eu vos carregarei; eu vos fiz, e eu vos levarei, e eu vos trarei, e vos livrarei.

Gálatas 5:22-23   Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.


                                         Salmo 37


Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará… , Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração.


Salmos 37:1 Não te enfades por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniqüidade.


Salmos 37:2 Pois em breve murcharão como a relva, e secarão como a erva verde.


Salmos 37:3 Confia no Senhor e faze o bem; assim habitarás na terra, e te alimentarás em segurança.


Salmos 37:4 Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração.


Salmos 37:5 Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.


Salmos 37:6 E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu direito como o meio-dia.


Salmos 37:7 Descansa no Senhor, e espera nele; não te enfades por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa maus desígnios.


Salmos 37:8 Deixa a ira, e abandona o furor; não te enfades, pois isso só leva à prática do mal.


Salmos 37:9 Porque os malfeitores serão exterminados, mas aqueles que esperam no Senhor herdarão a terra.


Salmos 37:10 Pois ainda um pouco, e o ímpio não existirá; atentarás para o seu lugar, e ele ali não estará.


Salmos 37:11 Mas os mansos herdarão a terra, e se deleitarão na abundância de paz.


Salmos 37:12 O ímpio maquina contra o justo, e contra ele range os dentes,


Salmos 37:13 mas o Senhor se ri do ímpio, pois vê que vem chegando o seu dia.


Salmos 37:14 Os ímpios têm puxado da espada e têm entesado o arco, para derrubarem o poder e necessitado, e para matarem os que são retos no seu caminho.


Salmos 37:15 Mas a sua espada lhes entrará no coração, e os seus arcos quebrados.


Salmos 37:16 Mais vale o pouco que o justo tem, do que as riquezas de muitos ímpios.


Salmos 37:17 Pois os braços dos ímpios serão quebrados, mas o Senhor sustém os justos.


Salmos 37:18 O Senhor conhece os dias dos íntegros, e a herança deles permanecerá para sempre.
Salmos 37:19 Não serão envergonhados no dia do mal, e nos dias da fome se fartarão.






Salmos 37:20 Mas os ímpios perecerão, e os inimigos do Senhor serão como a beleza das pastagens; desaparecerão, em fumaça se desfarão.


Salmos 37:21 O ímpio toma emprestado, e não paga; mas o justo se compadece e dá.


Salmos 37:22 Pois aqueles que são abençoados pelo Senhor herdarão a terra, mas aqueles que são por ele amaldiçoados serão exterminados.


Salmos 37:23 Confirmados pelo Senhor são os passos do homem em cujo caminho ele se deleita;


Salmos 37:24 ainda que caia, não ficará prostrado, pois o Senhor lhe segura a mão.






Salmos 37:25 Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua descendência a mendigar o pão.


Salmos 37:26 Ele é sempre generoso, e empresta, e a sua descendência é abençoada.


Salmos 37:27 Aparta-te do mal e faze o bem; e terás morada permanente.


Salmos 37:28 Pois o Senhor ama a justiça e não desampara os seus santos. Eles serão preservados para sempre, mas a descendência dos ímpios será exterminada.


Salmos 37:29 Os justos herdarão a terra e nela habitarão para sempre.


Salmos 37:30 A boca do justo profere sabedoria; a sua língua fala o que é reto.


Salmos 37:31 A lei do seu Deus está em seu coração; não resvalarão os seus passos.


Salmos 37:32 O ímpio espreita o justo, e procura matá-lo.


Salmos 37:33 O Senhor não o deixará nas mãos dele, nem o condenará quando for julgado.


Salmos 37:34 Espera no Senhor, e segue o seu caminho, e ele te exaltará para herdares a terra; tu o verás quando os ímpios forem exterminados.


Salmos 37:35 Vi um ímpio cheio de prepotência, e a espalhar-se como a árvore verde na terra natal.


Salmos 37:36 Mas eu passei, e ele já não era; procurei-o, mas não pôde ser encontrado.


Salmos 37:37 Nota o homem íntegro, e considera o reto, porque há para o homem de paz um porvir feliz.


Salmos 37:38 Quanto aos transgressores, serão à uma destruídos, e a posteridade dos ímpios será exterminada.


Salmos 37:39 Mas a salvação dos justos vem do Senhor; ele é a sua fortaleza no tempo da angústia.


Salmos 37:40 E o Senhor os ajuda e os livra; ele os livra dos ímpios e os salva, porquanto nele se refugiam.


Isaías 44:3 Porque derramarei água sobre o sedento, e rios sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade, e a minha bênção sobre os teus descendentes.




Ezequiel36:25 Então espalharei água pura sobre vós, e ficareis purificados, de todas as vossas imundícias e de todos os vossos ídolos, vos purificarei.




João 7:38/39 Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.




Atos 2:17/18 E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos mancebos terão visões e os vossos velhos sonharão sonhos;
E também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e minhas servas, naqueles dias, e profetizarão.



"Mas os que confiam no Senhor renovarão as suas forças. Subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; andarão sem desfalecerem " Isaias 40:31




Beijos pessoas queridas,Deus os abençoe!!!


PS:Festa dos tabernáculos...aí vou eu!!!Quero adorar e engrandecer MUITOOO ao Senhor!!!
























Nenhum comentário:

Postar um comentário

Daily Calendar

Ocorreu um erro neste gadget